Preparem-se, Pastor Elvis por telefone

Rio, 22/11/2014 19:21 


A Paz do Senhor Jesus aos irmãos. Aos interessados, aos que ainda crêem em revelações por meio de sonhos e visões, abaixo vocês ouvirão o áudio gravado por telefone com o Pastor Elvis.


André M. dos Santos

Eles podem tudo, os cristãos não podem nada

Rio, 21/11/2014 - 22:57
   
Em Janeiro de 2013 os gays de Curitiba, Paraná, só não fizeram mal aos católicos porque o tempo ainda não era chegado, e as autoridades nada fizeram. Vocês se lembram deste vídeo?
 

   
Mas agora, um pouco mais de um ano após os acontecimento acima, as autoridades prendem os pastores em São Paulo.
   

   
Quem está sendo perseguido? Continuarei a mostrar para os irmãos o que muitos evangélicos ainda não estão vendo: A PERSEGUIÇÃO AOS CRISTÃOS JÁ COMEÇOU!

Eles podem tudo, nós não podemos nada!
   

    
Acordem cristãos, a cristofobia está vindo atrás de nós!
    
 Aviso, o vídeo abaixo contem senas muitos fortes.
  
   
Intolerância religiosa? Da parte de quem, nossa? Na hierarquia "criminal", na Europa, se um cristão falar qualquer coisa contra um homossexual ele será preso. Se um homossexual falar, ou até mesmo agredir um cristão, nada lhe será feito, mas se este mesmo homossexual falar ou fizer alguma coisa contra um muçulmano, ele será imediatamente preso. Ou seja: Na Europa primeiro vem os direitos da religião islâmica, depois os privilegiados dos homossexuais e por último os cristãos. Pelo visto o Brasil está imitando a postura européia no tratamento aos cristãos.

2015, o ano oficial da perseguição aos cristãos?
   

   
Pare agora e pense em tudo isso! Agora nós não podemos fazer mais nada além de orarmos pedindo a Deus livramento, pois o príncipe deste mundo já está vindo, e logo a ordem oficial da perseguição aos cristãos será dada.
   
Acordem!
   
Deus nos abençoe!
  

Pare e pense

Rio, 19/11/2014 - 22:00
   
Publicado no YouTube em 18/11/2014 no canal Calatrava Bansharia

O islão tomou posse da Catedral Nacional Americana (Protestante Episcopal), ao realizar uma oração na sexta-feira dia 14 de novembro de 2014. E o mesmo está programado para acontecer todas as sextas-feiras.

Mas não seria um exagero dizer "tomar posse"? Não, pois isso é o como o islamismo pensa. A oração é um ato de posse, e onde ela ocorre passa a ser "terra islâmica."

É muito importante ressaltar que coisas que podemos fazer pensando estarmos sendo bonzinhos e tolerantes, para o islamismo é visto como um ato de rendição e reconhecimento da supremacia do islamismo.

É por isso que precisamos dizer não à Sharia, a toda e qualquer demanda. A islamização acontece uma concessão a cada vez. Isso é algo que todos nós, kafir (não-muçulmanos) precisamos fazer para defender a nossa sociedade, baseada no pluralismo e livre escolha.

E, do ponto-de-vista do cristianismo, permitir oração islâmica dentro de um templo é profanar este templo. Isso porque o islamismo nega o fundamento do cristianismo, que é Jesus ser Deus, e sua morte e ressurreição. Isso está dito claramente no Alcorão.

Diga isso ao seu padre ou pastor, antes que ele tenha a idéia de querer dar uma de "bom-moço" e jogar a fé cristã no lixo.

Nos dias de hoje, defender a nossa civilização ou dizer que Jesus é Deus é um ato revolucionário que pode levá-lo à prisão.

  
O vídeo abaixo foi acrescido a esta matéria às 23:10
   

Hoje é a Igreja Universal, amanhã será a sua!

Rio, 19/11/2014 - 21:47
  
Eu acompanhei este caso desde o início, e três coisa me chamaram a atenção:
1º A exclusividade da Rede Globo nas imagens da ação do TRE.
2º A falda de provas das alegadas acusações.
3º Ter acontecido em várias igrejas ao mesmo tempo as vésperas da eleição.

Veja este vídeo.


   
A maioria dos evangélicos que não fazem parte dessa denominação acharam toda a ação normal, e outros nem sequer tomaram conhecimento do ocorrido. Mas espere um pouco, a Universal apoiou a "Presidenta" Dilma, inclusive teria doado para a campanha dela uma quantia generosa. Ora, se fizeram isso com os que lhe apoiavam o que farão com os que se opõem a este governo?

A notícia abaixo é bem antiga, de 15/09/2009, porém somando-se com outras começa-se a tecer a rede que conduzirá e aprisionará as igrejas e suas mensagens bíblicas exclusivamente dentro dos templos.

Cultos nos trens urbanos estão proibidos pela justiça

SuperVia tem 30 dias para colocar avisos nas bilheterias e nos vagões. Ministério Público diz que objetivo da ação é dar sossego aos passageiros.

A juíza Viviane do Amaral, da 8ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Rio, determinou, em liminar concedida ao Ministério Público, que a SuperVia ponha, nos vagões, avisos sobre a proibição de cultos religiosos. O objetivo da ação movida pelo MP é conter a ação de pregadores evangélicos.

Segundo o processo, os pregadores usam microfones e instrumentos musicais, o que perturbaria a tranquilidade dos passageiros. “Além de obrigá-los, indiscriminadamente, a se submeter a doutrinas religiosas”, acrescenta a ação.

De acordo com a decisão da Justiça, os comunicados deverão ser colocados nas bilheterias de todas as estações, bem como dentro dos vagões dos trens. A empresa tem até o próximo dia 5 de outubro para cumprir a decisão. Em caso de descumprimento, a concessionária estará sujeita a multa diária de R$ 1 mil.

O processo judicial entre o MP e a SuperVia sobre a proibição de manifestações religiosas corria na Justiça há mais de um ano. A determinação foi publicada no Diário Oficial.

Supervia informou que cumprirá decisão

A Supervia informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que até o próximo dia 5 de outubro todas as bilheterias estarão com os avisos e os funcionários serão orientados.


Religiosos são proibidos de orar e pregar em corredores de hospital público de Caruaru (PE)


O incômodo causado pelo som alto das pregações evangélicas durante a visita a pacientes levou o Hospital Regional do Agreste (HRA), em Caruaru (130 km do Recife), a proibir a partir desse mês que religiosos realizem pregações ou orações em grupo nas enfermarias e corredores da unidade.

Segundo a direção do hospital público, referência no atendimento no agreste de Pernambuco, a determinação atende às reclamações de pacientes e visitantes, que estariam incomodados com as constantes pregações feitas em voz alta durante as visitas nas enfermarias.

Em nota pública, o diretor do HRA, José Bezerra, disse que respeita todas as religiões, mas explicou que as pessoas que quiserem realizar orações terão de utilizar a capela ecumênica da unidade, que estará aberta a todos os visitantes e pacientes que desejarem orar.


Quem são os intolerantes?


Pastor é preso por pregar a Bíblia em São Paulo
  

  
Sabem o porquê a maioria das igrejas não tem conhecimento das coisas que acontecem no mundo relacionadas ao fim dos tempos? É porque elas só estão atuando dentro dos templos. O dia em que ela resolver sair das quatro paredes vai perceber que não poderá mais, será muito tarde.
  
Nero culpou os cristãos

Nero foi um imperador romano do ano de 54 a 68 da era cristã. Seu nome completo era Nero Cláudio Augusto Germânico. Nasceu na cidade de Anzio (na atual Itália) no dia 15 de dezembro de 37.

Nero tornou-se imperador romano em 13 de outubro de 54, numa época de grande esplendor do Império Romano. Nos cinco primeiros anos de seu governo, Nero mostrou-se um bom administrador. Na política, usou a violência e as armas para combater e eliminar as revoltas que aconteciam em algumas províncias do império.

O que mais marcou a história de Nero foi o caso do incêndio que destruiu parte da cidade de Roma, no ano de 64. Porém, de acordo com alguns historiadores, não é certa a responsabilidade de Nero pelo incidente. O imperador estava em Anzio no momento do incidente e retornou à Roma ao saber do incêndio. Os que apontam Nero como culpado baseiam-se nos relatos de Tácito. Este afirma que havia rumores de que Nero ficou cantando e tocando lira enquanto a cidade queimava.

O fato é que Nero culpou e ordenou perseguição aos cristãos, acusados por ele de serem os responsáveis pelo incêndio. Muitos foram capturados e jogados no Coliseu para serem devorados pelas feras.

Além deste episódio, outros colaboraram para a fama de imperador violento e desequilibrado. No ano de 55, Nero matou o filho do ex-imperador Cláudio. Em 59, ordenou o assassinato de sua mãe Agripina.

Nero se suicidou em Roma, no dia 6 de junho de 68, colocando fim a dinastia Julio-Claudiana.


Quem será o culpado por uma calamidade, já anunciada, quando ela acontecer?

Há anos na internet os evangélicos estão alertando que uma catástrofe (tsunami e um forte terremoto) irá acontecer. Qual será a reação das pessoas quando isso ocorrer? Irão buscar ao Senhor Deus de Israel ou irão culpá-lo pelo ocorrido descarregando suas raivas por suas perdas nos cristãos?


Deus nos livre das coisas que sabemos que ocorrerão brevemente.

Deus os abençoe!
  

A perseguição as igrejas já começou!

Rio, 18/11/2014 - 15:12

Amados irmãos na fé, eu já testemunhei várias vezes que como cristão evangélico eu não creio em coincidências, mas em providências. Porém, narrarei este ocorrido comigo por escrito para que fique registrado.

Este assunto já o falei na TV BJCV de 17/11/2014, que as sete horas da manhã, na estação ferroviária do meu bairro, Bangu, quando eu ia comprar a passagem de trem, nos alto-falantes a funcionária disse:

"Senhores passageiros, lembramos que é proibido qualquer manifestação religiosa dentro dos trens."

Eu já sabia que a proibição era antiga, porém eu ainda não tinha ouvido tal declaração de forma verbal. Nesse mesmo dia, ao entrar no trem, um passageiro que também entrou comigo puxou conversa e em alto e bom tom disse:

"Os problemas do Brasil os culpados são os cristãos!"

E assim ele desfechou uma série de ataques aos pastores, não do Brasil, é verdade, mas da China e outros países. Ele me disse uma série de absurdos, e eu tentei mostrar para ele que tais informações não procediam. Tenho a certeza que ele não era um simples passageiro, pois ele mais parecia uma biblioteca ambulante. Ele começou se fazendo de bobo, mas aos poucos demonstrou estar muito bem informado, com uma única exceção, os muçulmanos, nesse assunto ele claramente "parecia" não estar informado, mas apenas parecia. Ele tinha uma dicção incrível, até mesmo para nomes estrangeiros, ele não gaguejava uma única palavra.

Neste momento em que eu escrevo esta notícia, o pastor que me batizou veio a minha casa trazer uma TV para conserto. Falei para ele das coisas que estão acontecendo, e como a maioria dos pastores, ele não sabia de nada.

Amados, ou isso que aconteceu comigo não passou de uma "coincidência" ou foi mais um sinal de Deus na minha vida, o qual eu estou a compartilhar com os irmãos que, assim como eu, também creem que o fim estaria batendo à nossa porta.

Estejamos alertas!

Nesse angu tem caroço

Rio, 18/11/2014 - 13:12


A notícia abaixo foi indicada pelo irmão Paulo de SP no Mural de Comentários BJCV.

OBRIGADO NORUEGA - SE NÃO HÁ IGREJAS NA ARÁBIA SAUDITA, NÃO HAVERÁ MESQUITAS NA NORUEGA


A Noruega proibiu a Arábia Saudita de financiar mesquitas, enquanto não permitirem a construção de igrejas no seu país. O governo da Noruega acabou de dar um passo importante na hora de defender a liberdade da Europa, frente ao totalitarismo ISLÂMICO.

Jonas Gahr Stor, ministro dos Negócios Estrangeiros da altura, decretou que não seriam aceites os donativos milionários da Arábia Saudita, assim como de empresários muçulmanos para financiar a construção de mesquitas na Noruega. Segundo o referido ministro, as comunidades religiosas têm direito a receber ajuda financeira, mas o governo Norueguês, excepcionalmente e por razões óbvias, não aceitará o financiamento islâmico de milhões de Euros.

Jonas Gahr Stor argumentou que: “seria um paradoxo anti-natura aceitar essas fontes de financiamento de um país onde não existe liberdade religiosa. A aceitação desse dinheiro seria um contra-senso”, recordando a proibição que existe nesse país árabe para a construção de igrejas de outras religiões.

Jonas Gahr Stor também anunciou que a “Noruega levará este assunto ao Conselho da Europa”, onde defenderá esta decisão baseada na mais estrita reciprocidade com a Arábia Saudita.

Fonte: Jornal

Comentário BJCV

Como se vê claramente a Noruega deu um passo importantíssimo de justiça: Se os árabes não permitem construção de igrejas cristãs em seu território, por que a Noruega permitiria que mesquitas sejam erguidas? Onde está a "tolerância" islâmica dos árabes? É o tal do velho ditado: Pimenta nos olhos dos outros é refresco. Como se vê, a religião islâmica tem se utilizado das leis tolerantes dos países ocidentais para construírem suas mesquitas neles, porém eles mesmos dão demonstração de intolerância não permitindo que templos cristãos sejam construídos em seus países, e por quê?

Que estranho!

Algo muito estranho está acontecendo no Brasil, como foi denunciado pelo Deputado Onyx Lorenzoni no vídeo abaixo.
  

Brasil abriga "genuínos radicais" islâmicos, diz governo dos EUA

Embora a comunidade muçulmana no Brasil seja formada majoritariamente por integrantes moderados, o país abriga "elementos radicais genuínos", alguns na região de Foz do Iguaçu (PR) e outros em São Paulo. A avaliação consta de documento confidencial da diplomacia norte-americana datado de 20 de novembro de 2009, produzido pelo Consulado dos EUA em São Paulo. Integra um conjunto de 251.287 relatórios da diplomacia americana produzidos entre 1966 e 2010 e divulgados pela organização Wikileaks, que teve acesso ao material.

Fonte: G1 O Globo

BJCV: Pois é meus irmãos, isso é, no mínimo, suspeito, fico a pensar nesse meu processo como um teórico da conspiração: Teria esse meu processo alguma ligação com as notícias acima? Teria eu por acidente revelado que algo ligado aos muçulmanos islâmicos radicais estaria prestes a acontecer no Brasil? Eu não sei! O que sei é que não sou preconceituoso e muito menos racista, mas vejo o que o nosso governo finge não ver. Vamos aguardar com um olho no céu e outro na Terra.

No filme Ataque Terrorista (filme fictício, mas baseado nos ensinos islâmicos radicais), nós veremos uma das formas de se fazer a cabeça de um jovem muçulmano islâmico moderado em um extremista. Veja a partir do minuto 39:52 até 41:58 e entenda essa questão.

   

A propósito, se colocarem diante de você vários cristãos, e no meio deles alguns cristãos radicais, você seria capaz de identificá-los? Claro que não, pois os tais "radicais" não andam com uma placa escrita neles dizendo: Sou um cristão radical. Semelhantemente, se colocarem vários muçulmanos diante de você, e no meio deles alguns muçulmanos radicais, você também não conseguirá discernir, apenas olhando, quem são os radicais e quem não são, pois eles também não andam com uma placa que diz: Sou um muçulmano radical! Logo, dizer que tais atrocidades sanguinárias são obras dos radicais é fácil e não resolve o problema, pois como iremos discernir entre um e outro?

Você sabe o sentido da palavra PREVENÇÃO?


Como o governo brasileiro estaria agindo para prevenir (para evitar), possíveis ataques terroristas de muçulmanos islâmicos radicais em nosso país? A polícia federal está fazendo a parte dela, investigando, mas e o governo? Como vimos no vídeo mais acima, do 
Deputado Onyx Lorenzoni, o nosso governo, por mais incrível que possa parecer, está na contramão de todas as soluções desta questão.

O problema que o nosso governo não está querendo ver, é que os tais radicais, segundo as notícias acima e a própria investigação da Polícia Federal, eles já estão no Brasil. E qual é a solução do governo? Processar todos que se atreverem a revelar esta verdade. Tenho, confesso, minhas dúvidas da identidade do tal "corajoso anônimo" que me denunciou. 


Lembro a todos os leitores que nesta semana a Polícia Federal apontou elo entre a facção brasileira e Hezbollah

Na região de fronteira que separa Brasil, Argentina e Paraguai, a atuação de grupos ligados ao terrorismo internacional sempre foi, para as autoridades americanas, um fato incontestável. No Brasil, pelo menos oficialmente, o caso nunca foi admitido, e as declarações governamentais costumam minimizar o tema. Nos últimos anos, no entanto, os serviços de inteligência do país reuniram uma série de indícios de que traficantes de origem libanesa ligados ao Hezbollah, o "Partido de Deus", se aventuraram numa associação com criminosos brasileiros. Relatórios produzidos pela Polícia Federal apontam que esses grupos se ligaram ao PCC, organização criminosa que atua nos presídios brasileiros, principalmente nos de São Paulo.

Fonte: O Globo

Vice-presidente Michel Temer é homenageado por comunidade libanesa

Uma recepção no Clube Atlético Monte Líbano, em São Paulo, reuniu empresários, investidores, políticos, diplomatas e outras personalidades libanesas e brasileiras. “Você é um amigo de todos. É uma honra e satisfação receber um filho de libaneses, que chegou ao mais alto cargo que um libanês chegou fora do seu país”, saudou o presidente da Câmara de Comércio Brasil Líbano, Alfredo Cotait. “Também informo que estamos em fase final de aprovação do projeto de criação do Centro Cultural Brasil-Líbano”, anunciou diante do embaixador do libanês no Brasil, Joseph Sayah.

Fonte: Michel Temer

FAMBRAS homenageia presidente do Supremo Tribunal Federal

FAMBRAS (Federação das Associações Muçulmanas do Brasil) realizou em Brasília, na última terça-feira, 14/10/2014, um jantar em homenagem ao novo presidente do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski. O evento contou com a presença do vice-presidente da república, Michel Temer, ministros de estado, presidentes de tribunais superiores, parlamentares, embaixadores e representantes da comunidade Líbano-brasileira. 
   

Durante a homenagem a Ricardo Lewandowski o presidente da FAMBRAS Mohamed Zoghbi entregou ao presidente do supremo, uma escultura em aço escovado, com um símbolo que representa a harmonia entre brasileiros e muçulmanos. O presidente STF retribuiu entregando uma cópia do decreto que assinou, quando ainda era secretário de assuntos jurídicos do município de São Bernardo, onde autorizava a construção da primeira mesquita na região do ABCD paulista.

Em discurso, o vice-presidente da república Michel Temer, que tem ascendência libanesa, expressou a admiração da comunidade árabe pelo presidente do supremo. “A comunidade árabe é muito sentimental. Ela quando toma uma atitude dessa natureza, ela expressa um sentimento, o sentimento da amizade e da admiração.” 


Fonte: FAMBRAS


A misteriosa conexão brasileira do grupo terrorista Hamas: os psicopatas no poder e a ausência de lei brasileira antiterror

Por Aluízio Amorin
17/08/2014
Segundo o depoimento do ex-embaixador dos Estados Unidos na Organização dos Estados Americanos (OEA) Roger Noriega ao Congresso dos EUA em julho de 2010, as operações da Holy Land na Tríplice Fronteira — região entre Brasil, Argentina e Paraguai — eram comandadas pelo xeque Khaled Rezk El Sayed Taky El-Din. Nesta foto El-Din posa como papagaio de pirata com Lula, em foto postada pelo xeque no Facebook. (Reprodução: Veja)

Por meio do Facebook, um leitor do blog me enviou o link desta matéria da revista Veja, publicada em julho de 2011 e republicada na coluna do jornalista Ricardo Setti no ano passado, conforme pode ser verificado aqui. Trata da conexão entre brasileiros e o terror islâmico.

Fonte: CPC


Tem alguma coisa acontecendo em nosso país, e não tem cara de coisa boa.

Deus os abençoe!

Esclarecimento

Rio, 17/11/2014 - 16:57

A Paz do Senhor Jesus Cristo a todos os irmãos na fé!

Amados, como todos sabem, eu estou sendo processado (denúncia anônima) por um único artigo escrito por mim em 16/09/2012 às 14:00 horas intitulado: "O perigo dos muçulmanos no Brasil". Pensava eu que estava "protegido" pela Constituição Brasileira Artigo 5º Parágrafo 4º que diz:

IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;

Infelizmente a nossa Constituição, assim como as nossas leis penais, são baseadas em interpretações, e com base no Artigo 20 inciso 2º da Lei 7.716/89 eu fui processado, pois ela diz:

Lei nº 7.716 de 05 de Janeiro de 1989

Define os crimes resultantes de preconceito de raça ou de cor.
Art. 20. Praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional. (Redação dada pela Lei nº 9.459, de 15/05/97). Pena: reclusão de um a três anos e multa.(Redação dada pela Lei nº 9.459, de 15/05/97).

§ 2º Se qualquer dos crimes previstos no caput é cometido por intermédio dos meios de comunicação social ou publicação de qualquer natureza: (Redação dada pela Lei nº 9.459, de 15/05/97).

Segundo uma irmã advogada me disse, só no titulo do meu artigo eu já seria processado por ter usado a palavra "PERIGO". Porém, ela não me explicou o porque que outros podem usar a mesma palavra referente aos muçulmanos e eu não. Sendo assim, já que no Site BJCV haviam mais de 500 artigos sobre diferentes notícias, e eu não iria ler todos para ver se algum poderia ser usado outra vez por pessoas inescrupulosas contra mim, eu resolvi deletar todos, inclusive os videos e canais no YouTube. Eu irei recomeçar do "zero" outra vez.

Por enquanto o meu novo link para contato com os irmãos é:

TV BJCV Notícias: http://www.ustream.tv/channel/tv-bjcv-noticias

Deus os abençoe!